NOA: dispositivo novo que trata a apneia do sono

Dois anos de pesquisa da OrthoApnea e do Departamento de Engenharia Mecânica, Térmica e Fluidos da Universidade de Málaga culminaram num dispositivo que promete tratar a apneia do sono, o chamado NOA.

De acordo com estimativas da Sociedade Mundial do Sono, a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono afeta cerca de 100 milhões de pessoas em todo o mundo, interferindo com o descanso noturno e originando diversas complicações na saúde dos pacientes afetados.

Para resolver este problema, a OrthoApnea e um conjunto de pesquisadores do Departamento de Engenharia Mecânica, Térmica e de Fluidos da Universidade de Málaga desenvolveram um dispositivo projetado que pretende revolucionar a forma como se trata a apneia do sono.

Sem metais, maior conforto

Em comunicado, a empresa do grupo Ortoplus explica que “fabricado com materiais inteiramente biocompatíveis para uso oral, foi possível eliminar completamente o metal da sua estrutura, alongar notavelmente sua durabilidade e melhorar o seu conforto.”

“Para os pacientes, o NOA, não só é um dispositivo mais ergonómico, menos invasivo, com menor dimensão vertical e maior espaço lingual. O NOA também é o único dispositivo com um desenho inteiramente personalizado de acordo com as características mandibulares e craniofaciais de cada paciente”, informa a empresa.

Impressora 3D

Ana Fernández, diretora do Departamento de I + D + i da OrthoApnea, diz ainda que “tendo as medidas exatas da pessoa que realiza uma análise de movimento da mandíbula e, com um estudo biométrico da arcada dentária, conseguimos criar um dispositivo perfeitamente adaptado à morfologia oral de cada paciente. O NOA obtido através da impressora 3D é muito mais preciso, personalizável e de maior qualidade do que os dispositivos com os quais se trabalhava até hoje”.

Este é mais um avanço importante no âmbito da Odontologia que irá possibilitar a muitos pacientes uma melhor qualidade de sono, e também de vida por extensão.

Dentalis software – a escolha certa em software para odontologia

Deixe uma resposta