Ingestão de café pode aumentar desejo por doces

A cafeína é um potente antagonista de receptores de adenosina, que promovem o relaxamento e sonolência. Deprimindo o efeito dos receptores podem fazer as pessoas se sentirem mais acordadas, mas a pesquisa descobriu que ele também diminui sua capacidade de saborear doces – fazendo a comida e a bebida parecerem menos doces, resultando em uma maior tentação para doces.

Doce tem percepção alterada

O novo estudo, realizado na Universidade de Cornell, demonstra a modulação do gosto no mundo real, disse o autor sênior Dr. Robin Dando, do Department of Food Science. “Quando você beber café com presença de cafeína, ele vai mudar a forma como você percebe o gosto – pelo tempo que o efeito durar. Assim se você comer alimentos diretamente após beber café cafeinado ou outras bebidas cafeinadas, você provavelmente vai perceber alimentos de forma diferente”.

Metodologia

No estudo as cegas, um grupo experimentou café descafeinado com 200 mg de cafeína adicionada em um laboratório para fazer a bebida equivalente a uma xícara de café forte, portanto, consistente com a quantidade de cafeína da vida real. O outro grupo bebeu o café descafeinado contendo uma concentração igualmente amarga de quinino. Ambos os grupos tiveram o açúcar adicionado. Em uma segunda sessão de um dia, os grupos foram alternados. Os participantes classificaram a infusão cafeinada como menos doce, mas não reportaram sobre o efeito sobre o amargo, azedo, salgado ou percepção umami*.

Em uma segunda parte do estudo, os participantes divulgaram seu nível de alerta e a estimativa da quantidade de cafeína no café. Eles relataram o mesmo aumento do estado de alerta depois de beber ambas as amostras cafeinadas e descafeinadas, mas não podiam discernir qual versão haviam consumido.

“Nós achamos que pode haver um placebo ou um efeito de condicionamento para a simples ação de beber café”, disse Dando. “Acho o cachorro de Pavlov. O ato de beber café – com o aroma e o sabor – é normalmente seguido de alerta. Assim os participantes se sentiram alerta mesmo que a cafeína não estivesse lá”.

O estudo, intitulado “A cafeína pode reduzir o doce sabor percebido em humanos, os elementos de evidência de que os receptores de adenosina modulam gosto,” foi publicado na edição de setembro do Journal of Food Science.

*gosto rico e delicioso que é produzido pela combinação do gosto do glutamato e um aroma agradável harmônico.

Dentalis software – a escolha certa em software para odontologia

Deixe uma resposta