Denúncia contra a indústria do açúcar: algo preocupante é revelado

Ao que parece nos últimos 50 anos a indústria do açúcar tem tentado esconder os efeitos negativos que o açúcar pode realmente ter sobre a saúde humana. É o que revela um estudo recentemente publicado na revista científica PLOS Biology, que mostra que nesse período a indústria fez vários estudos com animais que provam os efeitos negativos da sacarose na saúde, e que acabaram não sendo divulgados.

A denúncia é feita por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que depois de uma revisão de vários documentos daquele setor descobriu que a Sugar Research Foundation financiou vários estudos com animais para avaliar os efeitos do açúcar sobre a saúde, estudos esses que foram cancelados por indícios de que a sacarose poderia estar relacionada com o câncer de bexiga.

Relação açúcar e câncer de bexiga

A análise feita pelos pesquisadores da universidade norte-americana revela também que a Sugar Research Foundation, que em 1968 mudou o seu nome para International Sugar Research Foundation, financiou também um estudo com ratos de laboratório para comparar os efeitos nutricionais do consumo de açúcar com os efeitos do consumo amido/glicose. Este estudo assinalou os efeitos cardiovasculares do açúcar e revelou alguns indícios de um aumento do risco de câncer de bexiga.

Stanton Glantz, um dos autores do estudo, informa que “esta análise sugere que a indústria sabia da pesquisa com animais e que interrompeu o seu financiamento para proteger os seus interesses comerciais”.

Deixe uma resposta