A laserterapia odontológica é eficaz na destruição das bactérias orais?

laserterapiaUm grupo de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Nova Iorque criou um modelo de computador que pretende demonstrar de que forma é que os lasers dentários atacam as colônias de bactérias presentes nas gengivas. Essa pesquisa já conseguiu demonstrar que alguns destes lasers são eficazes na destruição das bactérias orais, especialmente daquelas que estão ‘entranhadas’ nos tecidos moles.

Os lasers dentários são já amplamente utilizados em alguns tratamentos, especialmente naqueles periodontais cujo objetivo é tratar e prevenir a gengivite. Contudo, é uma tecnologia cuja utilização é cara. Por esse motivo os pesquisadores decidiram estudar a sua eficácia na destruição de bactérias orais, para verificar se os custos adicionais para as consultórios odontológicas poderiam justificar os benefícios para a saúde bucal do paciente.

“Uma das questões que colocamos foi a que profundidade é que as bactérias poderiam estar e ainda assim serem ‘afetadas’ pelas luzes do laser”, informam os especialistas responsáveis pelo estudo.

Resultados promissores

Os resultados agora publicados mostram que dependendo da duração e intensidade do tratamento com laser é possível destruir grande parte destas bactérias. Além disso, os pesquisadores conseguiram demonstrar que é possível destruir as bactérias prejudiciais para a mucosa oral sem destruir tecido saudável.

Dentalis Software – organização, eficiência e qualidade – tudo o que você quer para o seu consultório

Deixe uma resposta