Cranberries e mirtilos podem prevenir a cárie dentária

Um novo estudo publicado no European Journal of Oral Sciences sugere que frutos de cor escura pode reduzir o risco de cáries dentárias.

Os cientistas descobriram que nutrientes em cranberries e mirtilos podem ser altamente eficazes na proteção dos dentes contra um filamento de bactérias responsáveis ​​pela aceleração da cárie dentária.

Frutas de cor escura são uma rica fonte de polifenóis que podem fornecer moléculas bioativas inovadoras como armas naturais contra a cárie dentária.

O estudo (Philip et al, 2018) apóia pesquisas anteriores, sugerindo que elas são boas para a saúde bucal ao impedir que “bactérias ruins” se colem aos dentes e gengivas.

Isso poderia ajudar a reduzir a cárie dentária, a placa bacteriana e as doenças gengivais.

Metodologia

Extratos de alta qualidade de cranberry, mirtilo e morango, e uma combinação desses três extratos (Orophenol), foram usados ​​para tratar biofilmes de Streptococcus mutans de 24 h.

Os biofilmes cultivados foram tratados com os extratos de bagas e os biofilmes tratados foram avaliados quanto à atividade metabólica, acidogenicidade, biovolumes, organização estrutural e viabilidade bacteriana.

Resultados

Os biofilmes tratados com os extratos de cranberry e Orophenol exibiram as reduções mais significativas na atividade metabólica, produção de ácido e biovolumes bacterianos / exopolissacarídeos (EPS), enquanto sua arquitetura estrutural apareceu menos compacta do que os biofilmes utilizados como controle.

O extrato de mirtilo produziu reduções significativas na atividade metabólica e acidogenicidade apenas na maior concentração testada, sem afetar significativamente biovolumes bacterianos / EPS ou arquitetura do biofilme.

Cramberry se destaca

Os resultados indicam que o extrato de cranberry foi aquele mais eficaz na destruição das propriedades de virulência do S. mutans, sem afetar significativamente a viabilidade bacteriana. Isso sugere um papel ecológico potencial para os fenóis de cranberry como agentes não bactericidas capazes de modular a patogenicidade de biofilmes cariogênicos.

O diretor executivo da Fundação de Saúde Oral, Nigel Carter OBE, acredita que os polifenóis têm potencial para gerar o desenvolvimento de novos produtos de higiene bucal.

“Os nutrientes e fibras nas frutas são vitais para a nossa saúde e bem-estar”, disse ele.

“Cranberries parecem especialmente bons para a saúde bucal, já que seus polifenóis ficam na nossa saliva e continuarão ajudando nossa boca, mesmo depois de engolidos.”

“O que é especialmente excitante é que esses extratos naturais são completamente livres de açúcar. Isso significa que eles podem ser adicionados aos produtos de higiene bucal de várias maneiras.

Hidrossolúveis

“Eles podem se dissolver na água, então podem ser usados ​​para criar bebidas saudáveis, bem como para reformular bebidas não saudáveis ​​cheias de açúcar.

“Eles também têm aplicações mais amplas para prevenção e controle de cáries dentárias. O bochecho poderia se beneficiar desse ingrediente, assim como os dentifrícios. Mais testes devem ser feitos, mas será extremamente interessante observar os fabricantes utilizando mais os polifenóis no futuro ”.

Melhores antioxidantes

Bagas de cor escura estão entre as melhores fontes alimentares de antioxidantes. Eles fornecem um bom suprimento de água e fibras, além de outros nutrientes.

No entanto, juntamente com outras frutas, elas também podem conter grandes quantidades de açúcar natural.

A dose diária recomendada de açúcar para um adulto é de 90 gramas ou 22,5 colheres de chá por dia. Isso inclui 60 gramas de açúcar natural e 30 gramas de açúcar adicionado.

Uma porção de cranberries contém até quatro gramas de açúcar natural (equivalente a uma colher de chá), enquanto uma porção de blueberries é de quase 10 g.

Fontes: European Journal of Oral SciencesOral Health Magazine

Dentalis software – em sintonia com as novas tendências em odontologia do século 21

Deixe uma resposta