Descobertos os genes envolvidos no desenvolvimento da periodontite

fases da periodontiteForam identificados 41 genes que podem estar relacionados a doenças periodontais. A descoberta foi feita por um grupo de pesquisadores da Faculdade de Odontologia da Universidade de Columbia, nos EUA, que utilizou engenharia genética de largo espectro para identificar os percursos dos genes que favorecem o desenvolvimento da periodontite.

As conclusões foram recentemente publicadas na revista científica Journal of Dental Research e mostram como os cientistas usaram a engenharia genética para reverter a expressão dos genes de forma a construir um mapa das interações genéticas que causam a periodontite e para identificar aqueles que têm maior influência na doença.

“A nossa abordagem limitou a lista de genes que potencialmente estão envolvidos na periodontite. Isto nos permite focar em apenas alguns dos genes, que são também os intervenientes mais importantes no processo”, comenta o líder da equipe de pesquisa.

Bloqueando a periodontite na sua raiz

Com estas descobertas será possível testar compostos com a capacidade de bloquear a ação dos genes mais influentes na doença periodontal, criando tratamentos que interrompam a doença diretamente na sua ‘raiz’.

Deixe uma resposta