Alerta: Uso de fluconazol por gestantes dobra o risco de malformações

fluconazol por gestantes

O uso do antifúngico oral fluconazol por gestantes no primeiro trimestre ao que parece eleva os riscos do bebê nascer com malformações musculares e ósseas.

Isso é o que sugere um trabalho recentemente publicado na página do British Medical Journal (BMJ) –  -.

Risco do uso de fluconazol por gestantes

Os autores acompanharam gestantes entre 12 e 55 anos presentes no banco de dados US Medicaid. Acompanhamento esse ocorrido entre os anos de 2000 e 2014.

O grupo de estudo de 1.969.954 gestações incluiu 37.650 (1,9%) gestações expostas ao fluconazol oral.

Os resultados mostraram que o risco de malformações músculo esqueléticas foi de 52,1 por 10.000 gestações expostas ao fluconazol.

O risco de malformações músculo esqueléticas foi o dobro nas mulheres que tomaram a dose mais alta no início da gravidez (> 450 mg). Contudo, os riscos absolutos ainda eram pequenos (12 incidentes por 10.000 gestações expostas no geral).

No Brasil o fluconazol não é encontrado na forma de pomadas ou cremes de uso tópico.
Para o tratamento tópico ou intravaginal das infecções fúngicas, existem outras opções.
Outros antifúngicos são indicados, tais como Cetoconazol, Miconazol ou Cotrimazol, por exemplo.

fluconazol por gestantes

Fluconazol, doses e a relação com o risco

Observou-se também um risco aumentado de 30% entre as mulheres que tomaram uma dose cumulativa menor de 150mg de fluconazol oral.

Uso de fluconazol por gestantes – Alerta

Os autores concluíram que o fluconazol oral durante o primeiro trimestre, especialmente o tratamento prolongado com doses maiores que o normal, pode de fato ser gerador de malformações para o bebê.
Em havendo extrema necessidade, o fluconazol deve ser prescrito com extrema cautela.

Fluconazol – saiba mais sobre esse antifúngico

O fluconazol é um potente agente antifúngico.
É usado para prevenir e tratar uma variedade de infecções por fungos e leveduras. Pertence a uma classe de medicamentos chamados antifúngicos azólicos. Age interrompendo o crescimento de certos tipos de fungos.

O uso oral de fluconazol está mais indicado no tratamento de:

  • Candidíase vaginal aguda e recorrente;
  • Balanites por Candida;
  • Profilaxia para reduzir a incidência de candidíase vaginal recorrente;
  • Dermatomicoses, incluindo Tinea pedis, Tinea corporis, Tinea cruris, Tinea unguium (onicomicoses) e infecções por Candida.

Existem alguns outros riscos associados ao uso de certos medicamentos durante a gestação. Como, por exemplo, aquele do uso de certos antibióticos no decorrer do período gestacional.

Siga a Dentalis no Instagram @DentalisSoftware,  no Face @Dentalis.Software e no twitter @Dentalisnet

Fonte: BMJ

Deixe uma resposta