identificador de placa

Um identificador de placa com capacidade de evitar infarto e derrame.
Esse é a novidade que estamos trazendo hoje aqui no blog Dentalis.

Durante décadas, os pesquisadores sugeriram uma ligação entre a saúde bucal e doenças inflamatórias que afetam todo o corpo. Em especial, ataques cardíacos e derrames.

A inflamação está intimamente envolvida na patogênese da aterosclerose. A inflamação é medida com precisão pela proteína C reativa de alta sensibilidade (PCR-us). Esse é um marcador sensível indicativo de riscos futuros de ataques cardíacos e derrames.

Pesquisadores norte-americanos colaboraram em um estudo randomizado intitulado “Correlação entre saúde bucal e inflamação sistêmica“. O objetivo desse trabalho foi o de verificar se o identificador de placa de nome Plaque HD pode reduzir a PCR-us.
Plaque HD é um identificador de placa disponível na forma de um creme dental.

Estudo piloto – resultados

Os resultados do estudo mostraram que o Plaque HD produziu uma redução significativa na PCR-us entre aqueles analisados.
A plaqueHD é o primeiro creme dental que identifica a placa para que possa ser removida com escovação direcionada.

Além disso, a formulação proprietária do produto contém combinações e concentrações únicas de agentes de limpeza. Esses agentes enfraquecem o núcleo da estrutura da placa para ajudar o indivíduo a visualizar e remover a placa com mais eficácia.

Neste estudo, todos os indivíduos randomizados receberam o mesmo protocolo de escovação. Eles receberam um suprimento de 30 dias do creme dental plaque HD ou creme dental placebo idêntico, esse último sem capacidade de identificação da placa.

Identificador de placa – avaliação dos resultados

O estudo em pequena escala não permite concluir se este identificador de placa pode de fato diminuir os riscos de eventuais ataques cardíacos ou derrames.
Os resultados são animadores, é inegável. E justificam a realização de um estudo randomizado em larga escala.
Em se confirmando o prognóstico inicial, existe um potencial clínico muito grande com repercussões para a saúde pública.

Nesse sentido, os pesquisadores envolvidos planejam um estudo randomizado que testará se a plaque HD, ao remover a placa, pode acabar colaborando para reduzir a progressão da aterosclerose nas artérias coronárias e carótidas.
A aterosclerose nesses vasos são um importante precursor de complicações vasculares.

Doença periodontal ligada a doenças no corpo

O CDC estima que nos Estados Unidos 47,2% dos adultos americanos com 30 anos ou mais têm algum tipo de doença periodontal.
A doença periodontal é uma condição inflamatória patológica das gengivas e tecidos ao redor dos dentes.
Pesquisas anteriores sugerem que a doença periodontal pode estar ligada a várias outras doenças.
Patologias como doenças cardíacas, derrames e e outras doenças inflamatórias, como a artrite reumatoide.
A inflamação em todo o corpo pode ser um elo fundamental entre as doenças periodontais e outras doenças sistêmicas.

O que já é um consenso entre os cientistas é que a proteína C reativa de alta sensibilidade (PCR-us) é um dos melhores indicativos de risco para a saúde cardiovascular.
E ao que parece, a doença periodontal pode influenciar os níveis desse importante marcador.

Fonte: The American Journal of Medicine

Deixe uma resposta