O que pode influenciar a escolha de um paciente por uma clínica odontológica

Alguma vez pensou que, no momento de escolher uma clínica odontológica, a maioria dos pacientes tem muitas dúvidas?

Entre as dúvidas mais comuns, está a grande oferta de consultórios odontológicos, a existência de tratamentos de baixo custo e outros fatores que levam muitas pessoas a se perguntarem, por vezes, sobre qual a clínica odontológica devem escolher.

Assim, os pacientes se perguntam: “Por que motivo escolher este consultório se existem milhares de opções? Quais são os seus preços? Onde fica localizado?” Diante destas perguntas, quem pretende consultar um dentista toma a sua decisão, em geral, com base nas informações que tem sobre a clínica e a respectiva equipe de profissionais.

Afinal quais são os aspectos fundamentais que influenciam a tomada de decisão dos pacientes sobre a escolha de uma clínica odontológica?

1. A experiência dos profissionais

Os pacientes valorizam geralmente o fato do consultório odontológico contar com uma equipe de profissionais formados em mais de uma especialidade odontológica, como por exemplo a implantodontia ou a ortodontia.

Embora o conhecimento e a experiência sejam fundamentais, as pessoas também valorizam os profissionais que se mantém num contínuo processo de formação e desenvolvimento, que nunca deixam de buscar novos conhecimentos, pois têm em mente que a área da odontologia é uma área em constante evolução.

2. Limpeza e comodidade

Quanto a este segundo ponto, é essencial que a clínica esteja bem situada e que seja acessível por meio de transportes públicos ou que contem com áreas de estacionamento. Muitos pacientes, por motivos pessoais ou profissionais, não dispõem de muito tempo para ir ao dentista, razão pela qual é importante que tenham um acesso fácil e direto à clínica.

No que se refere à limpeza, trata-se de algo que os visitantes prestam especial atenção e que consideram como um dos sinais mais representativos da imagem da clínica odontológica. Dão importância à aparência do consultório e da equipe profissional, inclusive sobre os materiais utilizados e a adoção de rotinas de esterilização.

3. A garantia profissional e a confiança

Outro ponto que influencia a decisão é a marca ou imagem corporativa da clínica dentária. Uma clínica experiente pode distinguir-se das restantes por utilizar técnicas que proporcionam uma visita agradável. Podemos destacar a ambientoterapia, o uso de imagens, aromas ou sons que farão com que as pessoas deixem de lado aquela sensação de ansiedade e medo frente a uma consulta com um dentista, contribuindo para um efeito de bem-estar e tranquilidade.

Por outro lado, os pacientes desejam que o dentista ofereça uma série de garantias realistas quanto ao tratamento, ou seja, que lhes apresente de forma clara as vantagens e desvantagens, para que, ao saírem do consultório, tenham uma ideia nítida do procedimento a realizar e de quais são os fatores alheios ao profissional e ao paciente.

4. O design corporativo

Num consultório odontológico, nunca se deve esquecer o especial cuidado com o design e o mobiliário. Quem vai marcar uma consulta irá observar se as cadeiras na sala de espera são confortáveis, se o local de atendimento dos pacientes está organizado, se os equipamentos odontológicos são adequadas ao tratamento…

Além disso, é essencial adaptar o design corporativo da clínica ao nosso público potencial. A escolha de cores e padrões para um gabinete especializado em odontopediatria será diferente no caso de outro que se destine apenas a pessoas da terceira idade. Cada detalhe conta!

5. A sala de atendimento dos pacientes

Por último, outro fator decisivo é o contato pessoal e o modo de atendimento dos pacientes. Embora este aspecto seja um pouco mais complicado, visto que, em princípio, é mais difícil de avaliar sem ter visitado a clínica, trata-se de algo importante a se levar em conta.

O espaço da recepção causa geralmente as primeiras impressões é o cartão de visitas da clínica, pelo que deve ser o mais agradável possível. Uma boa ideia poderá ser manter iluminação adequada, contar com TVs apresentando vídeos sobre saúde bucal ou ofertas da clínica, etc. Mas não podemos esquecer outras questões, especialmente as facilidades de pagamento e a disponibilização de métodos como o pagamento com cartão de crédito ou, no caso de certos tratamentos, o financiamento sem juros.

Em resumo, devido à grande concorrência no atual mercado odontológico, para escolher uma clínica é evidente que devem ser procuradas estratégias para criar uma imagem diferenciada. Se pretende abrir uma nova clínica odontológica ou melhorar alguns aspectos daquela que já possui, esperamos que estas dicas tenham sido importantes.

Dentalis Software – organização, eficiência e qualidade – tudo o que você quer para o seu consultório

Deixe uma resposta