Os maiores mitos para garantir a melhor saúde bucal

Na última edição do Dia Mundial da Saúde Bucal, a FDI – World Dental Federation publicou os resultados de um estudo realizado em 12 países e que mostra que ainda existe uma grande diferença entre aquilo que as pessoas acreditam serem bons hábitos de saúde bucal e a realidade do que praticam no dia a dia.

Práticas equivocadas

Segundo o estudo, em oito dos países em que se realizou o estudo, 50% ou mais dos questionados revelaram acreditar que se deve escovar os dentes logo depois das refeições. O Brasil, o México, o Egito e a Polônia (84%, 81%, 62% e 60%, respectivamente) apresentaram os piores resultados nesta prática, que segundo a comunidade de dentistas é incorreta, já que o aconselhado é que se espere cerca de 30 minutos depois da refeição para escovar os dentes, e assim evitar o enfraquecimento do esmalte dentário.

Além disso, a maioria das pessoas questionadas revelaram também acreditar que bochechar com água depois da escovação dental é importante para a manutenção de uma boa saúde bucal, ao contrário do que é recomendado pelos dentistas, que defendem que não se deve realizar bochechos com água logo após a escovação dos dentes, para que estes estejam expostos durante mais tempo aos efeitos do flúor.

Patrick Hescot, presidente da FDI, comenta que estes números mostram que “uma alarmante discrepância entre o que boa parte das pessoas praticam e o que na verdade são as boas práticas de saúde bucal. Desejamos que as pessoas assumam o controle sobre a sua saúde bucal neste Dia Mundial da Saúde Oral e que percebam que adotar bons hábitos de higiene oral, evitar fatores de risco e realizar check-ups regulares pode ajudar a proteger seus dentes e gengivas.”

Por outro lado, a mesma pesquisa revelou que 77% das pessoas questionadas acreditam que ir ao dentista ao menos uma vez por ano é uma boa prática, mas apenas 52% efetivamente o fazem.

Dentalis Software – a sua melhor escolha em software para odontologia

Deixe uma resposta