Resfriado ou sinusite? Saiba como diferenciar

resfriado ou sinusite

É resfriado ou sinusite?

Um resfriado pode fazer uma pessoa ficar com o nariz congestionado e escorrendo e fazê-la se sentir deprimida. Esses sintomas também podem sugerir uma sinusite, então, como diferenciar?

Os sintomas geralmente se sobrepõem, por isso pode ser difícil reconhecer cada condição. Rinite é uma reação alérgica que provoca espirros e comum a um resfriado. A sinusite é uma inflamação nas cavidades ao redor das vias nasais.

Mais de 100 vírus diferentes podem causar um resfriado, um tipo de infecção viral do sistema respiratório. Os resfriados se espalham quando alguém que tem o vírus tosse ou espirra gotículas contendo o vírus no ar. Eles também podem transmitir quando uma pessoa com um resfriado espirra ou toca uma superfície. Assim acaba deixando o vírus pelo caminho para infectar um novo hospedeiro.

Os espaços com ar atrás do nariz são chamados de seios. Resfriados podem levar a infecções sinusais quando os seios incham. Ar, muco e bactérias podem ficar presos nos seios inchados e causar mais infecções.

A principal diferença entre um resfriado ou sinusite é a duração dos sintomas. A maioria das pessoas se recupera de um resfriado em 5 a 10 dias. Sinusite pode permanecer no corpo por 4 semanas ou por mais de 3 meses em pessoas que desenvolvem um quadro crônico.

Resfriado ou sinusite em poucas palavras

  • A sinusite é uma infecção dos seios (espaços) atrás do nariz.
  • Os sintomas de uma sinusite podem durar por 4 semanas ou mais;
  • Um resfriado geralmente irá resolver em poucos dias;
  • Pode ser necessário tratar a sinusite com antibióticos ou procedimentos médicos;
  • Resfriados são causados por vírus que não respondem à terapia com antibióticos.

Resfriado – Sintomas principais

  • Nariz entupido e escorrendo (coriza);
  • Espirros;
  • Tosse;
  • Febre baixa;
  • Dores no corpo de leve intensidade.

Estes sintomas geralmente atingem o pico nos primeiros 3 a 5 dias e depois melhoram gradualmente. Na maioria das pessoas os sintomas desaparecem após 10 dias a 14 dias.

resfriado ou sinusite

Sinusite – Sintomas principais

Uma sinusite com infecção pode ser mais grave e os sintomas persistirem por 4 semanas ou mais.

Sintomas mais comuns:

  • Sensação de nariz cheio;
  • Presença de secreção nasal espessa amarela ou verde;
  • Dor no rosto – especialmente ao redor dos olhos, nariz, bochechas e testa;
  • Dor de cabeça atrás dos olhos;
  • Tosse;
  • Dor no maxilar superior e nos dentes.
  • Febre;
  • Fadiga;
  • Mau hálito;

A sinusite pode desaparecer sem tratamento. No entanto, é mais provável que necessite de intervenção médica se comparada a um resfriado.

Sinusite em crianças – Sintomas principais

Tal como acontece com os adultos, os sintomas de sinusite em crianças são fáceis de confundir com os de um resfriado.

As crianças pequenas têm mais probabilidade de apresentar sintomas semelhantes aos do resfriado. São comuns nariz entupido com secreção verde-amarela e febre ligeira. Quadros que persistem além dos 10 a 14 dias. Eles também podem ser mais irritáveis do que o habitual.

Além do congestionamento, crianças mais velhas e adolescentes podem ter:

  • Uma tosse que não passa;
  • Mau hálito;
  • Dor de dente;
  • Dor de ouvido;
  • Dor no rosto;
  • Dor de cabeça;
  • Inchaço ao redor dos olhos.
  • Atenção especial para a seguintes condições:
  • Criança com sintomas persistindo após 14 dias;
  • Temperatura elevada ou continuada por mais de 3 dias, apesar do tratamento com paracetamol.

Em quaisquer uma das situações acima, recomenda-se o encaminhamento para uma consulta com pediatra.

Sinusite acompanhada de infecção – Tratamentos

Na maioria das vezes uma sinusite com infecção melhora com o tratamento.
Os seguintes tratamentos podem ajudar as pessoas a auxiliar na recuperação:

Descongestionantes

Medicação que contrai os vasos sanguíneos inchados no nariz para aliviar a respiração. Eles vêm solução nasal ou em comprimidos.

Descongestionantes nasais não devem ser usados ​​por mais de 3 dias seguidos. Seu uso continuado repetido pode causar o chamado efeito rebote. O uso de descongestionantes nasais em crianças deve ser monitorado com atenção.

Descongestionantes são drogas vasoativas, ou seja podem elevar a pressão arterial.
Pessoas com pressão alta devem conversar com seu cardiologista. Isso também vale para aqueles com doença cardíaca ou diabetes.

O que é o efeito rebote dos descongestionantes nasais

Embora a ação do medicamento seja rápida, a sensação de alívio é passageira. Depois de algum tempo, o nariz volta a entupir. Isso obriga a pessoa a ir diminuindo, progressivamente, o intervalo entre as aplicações. Chega a um ponto em que a pessoa precisa ter sempre à mão um frasco do descongestionante para poder respirar melhor. Esse grau de dependência resulta num distúrbio chamado rinite medicamentosa ou vasomotora. O principal sintoma nesse caso é o nariz entupido provocado por alterações na mucosa nasal. Alterações que levam à perda da capacidade de contrair e dilatar os vasos sem “as gotinhas milagrosas”. Seja para um resfriado ou sinusite, a precaução no uso de descongestionantes vale para ambos.

Alívio da dor

Alguns medicamentos diminuem a febre e aliviam dores de cabeça e outros efeitos desconfortáveis ​​da sinusite, como paracetamol, aspirina e ibuprofeno.

Evite administrar aspirina a bebês, crianças e adolescentes. Isso devido ao aumento do risco de uma condição rara, porém grave, chamada síndrome de Reye.

Uso de esteroides ou corticosteroides em spray

Esses sprays diminuem a inflamação nas passagens nasais.

Em algumas pessoas, os sprays de esteroides podem melhorar um pouco o congestionamento. Porém não são eficazes para todos. Sprays de esteroides também podem causar efeitos colaterais, como dores de cabeça e hemorragias nasais. Uma outra pesquisa destaca que o uso isolado de corticosteroides pode trazer poucos benefícios ao tratamento da sinusite aguda.

Antibióticos

Esses medicamentos tratam a sinusite causada por bactérias. O profissional de saúde pode prescrever um tratamento com antibióticos com duração que irá variar o número de dias conforme o fármaco prescrito.

Importante sempre completar todo o ciclo de tratamento do antibiótico. Interromper antibióticos cedo demais pode tornar as bactérias resistentes aos efeitos de um antibiótico no futuro e interferir na recuperação.

Casos persistentes (mais graves)

Se os sintomas da sinusite persistirem após alguns meses, o médico podem se valer de uma cirurgia para abrir os seios buscando assim uma realizar uma limpeza física do local.

sinusite ou resfriado

Remédios naturais e caseiros

Esses remédios naturais e caseiros também podem ajudar a aliviar os sintomas:

  • Descanso: Ficar em casa e descansar até se sentir melhor ajudará seu corpo a combater a infecção.
  • Fluidos: Uma boa hidratação é elemento fundamental para ajudar na eliminação do muco do organismo;
  • Solução salina nasal: Um spray nasal feito a partir de solução de água salgada é uma abordagem mais natural para limpar as passagens nasais entupidas. Ajudará a remover o muco, aliviando o congestionamento.
  • Umidificador: Ligar um umidificador durante a noite evita que os seios nasais fiquem ressequidos

Prevenção

Para se prevenir evite contato frequente com pessoas doentes. Em caso de contato, o faça com o uso de equipamento de proteção individual. Lave as mãos com frequência e evite tocar nos olhos, nariz e boca.

Quando procurar um médico

Independente se for um resfriado ou sinusite, as pessoas devem buscar atendimento médico se algum destes sintomas se apresentar:

  • Uma tosse persistente;
  • Febre acima de 39 º Celsius;
  • Erupção cutânea;
  • Falta de ar, chiado;
  • Vômito.

Procurar atendimento médico após algumas semanas com sintomas  persistentes de resfriado ou sinusite é altamente recomendável.

Fontes: Medical News, DRauzio

Deixe uma resposta