dismorfia dentária

A busca obsessiva pelo sorriso perfeito

A dismorfia dentária, também conhecida como a obsessão por um sorriso perfeito, afeta cada vez mais pessoas e, de acordo com os especialistas, tem sido potencializada pelas redes sociais.

Uma dentista relata saber de uma paciente que “já experimentou de tudo [para tornar os dentes mais brancos]. Os caseiros, da farmácia, lavar os dentes com carvão (…) Quer constantemente branquear.” A dentista relata que essa paciente tem verdadeira obsessão por aquilo que considera o branco perfeito.

E são cada vez mais os pacientes que apresentam este tipo de comportamento. Assim como também há cada vez mais pacientes que se submetem a tratamentos dentários para obterem aquilo que consideram o ‘sorriso perfeito’, mesmo que por vezes isso implique processos dolorosos.

Distúrbio psiquiátrico

É uma doença que começa por ser um distúrbio psicológico mas que, se não for devidadamente colocado limites pelo dentista, pode vir a se tornar um distúrbio psiquiátrico”, uma vez que se caracteriza por “uma obsessão com os dentes, pela busca de tratamentos constantes à procura do sorriso perfeito.

Este é um problema que vem aumentando, sobretudo, nos países desenvolvidos, onde as pessoas valorizam muito mais o impacto visual do sorriso no outro e na sociedade.

O problema é tal que existem cada vez mais sites e blogs que explicam como fazer aparelhos ortodônticos em casa, um fenômeno que tem levado muitos pacientes a buscarem consultórios odontológicas em situações de emergência.

O mais frequente, no entanto, é encontrar pessoas excessivamente preocupadas em ter os dentes brancos e que escovam vigorosamente com pastas branqueadoras, uma prática que, a longo prazo, tem um elevado impacto no esmalte dentário e na saúde bucal do paciente.

Posted by Victor in Estudos, 0 comments

Dismorfia dentária: a obsessão pelo sorriso perfeito

sorriso perfeitoChama-se dismorfia dentária e caracteriza-se por uma obsessão pelo sorriso perfeito e pela estética do sorriso, podendo chegar a ser prejudicial e a conduzir a tratamentos dentários desnecessários.

O retrato da doença é feito pela BBC, que relata o caso de Nicole Mowbray, de 32 anos, que decidiu submeter-se a tratamentos ortodônticos para obter o sorriso perfeito, acabando por sofrer várias consequências, como feridas e úlceras nas gengivas e na língua.

De acordo com a estação de televisão britânica existem vários sinais de alerta para a doença: “quem sofre de dismorfia dentária tem uma obsessão irracional com a aparência dos seus dentes” e vive angustiado por “um defeito físico menor”.

Comportamento de quem sofre de dismorfia dentária

Além disso, como explica a BBC, aqueles que sofrem da doença apresentam frequentemente comportamentos excessivos em relação ao defeito em questão e acreditam que os outros os tratam de maneira diferente devido a esse defeito.

Segundo a BBC, o mercado dentário movimenta em todo o mundo milhões em relação a tratamentos de cosmética dentária. “Alguns especialistas acreditam que a obsessão por ter um sorriso perfeito também tem fomentado a dismorfia dentária”.

Posted by Victor in Estudos, 0 comments