papaína

Composto natural para tratamentos em endodontia

Composto natural para tratamentos em endodontia

Composto natural para tratamentos em endodontia

Um composto natural para tratamentos em endodontia é uma descoberta brasileira e pode trazer muitos benefícios aos tratamentos endodônticos.

Pesquisadores ligados à Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), desenvolveram um composto natural para tratamentos em endodontia que é obtido da papaína. Vem demonstrando excelentes resultados em tratamentos endodônticos.

Mais especificamente para aqueles tratamentos, por exemplo, denominados de desvitalização.
Na desvitalização acontece a remoção da polpa como parte do processo de seu processo de recuperação.

Para operacionalização desse processo, o dentista se vale de substâncias que fazem a limpeza do dente.
Acontece que essas substâncias podem acabar provocando alergias e danos à mucosa bucal de certos pacientes.

Composto natural para tratamentos em endodontia

O uso de um composto natural à base de papaína poderá eliminar os problemas endodônticos causados pelos compostos tradicionais utilizados em procedimentos endodônticos.

O composto natural desenvolvido pelos pesquisadores age no processo de dissolução da polpa dental.
Possui as vantagens de biocompatibilidade, bactericida, poder de dissolução da matéria orgânica. E também excelente capacidade de hidratação e penetração.

O foco inicial dos pesquisadores era fazer uso do composto na área da ortodontia.
No entanto, acabou demonstrando ser de muito maior utilidade em outro segmento da odontologia.
Tem tudo para fazer muito sucesso como composto natural para tratamentos em endodontia.

Patente do composto natural para tratamentos em endodontia

A carta patente é um documento concedido pelo Inpi.
Esse confere à Uesb a exclusividade do uso, comercialização, produção e importação do composto.
É um produto de um trabalho de pesquisa iniciado em 2013, coordenado pelo professor Matheus e três alunos do grupo de pesquisa: Caio Ferraz, Gabriel Oliveira e Matheus Costa, hoje egressos da Universidade.

A carta confere à Uesb as patentes na área de Produção Animal e Odontologia.
De acordo com o professor, foram protocolados no Inpi pedidos em outros campos de conhecimento, como Farmácia, Engenharia e Biologia.

Fonte: Uesb
Posted by Victor in Estudos, 0 comments