parar de fumar

10 dicas infalíveis para parar de fumar

parar de fumar

Está mais do que na hora de quem fuma pensar seriamente em parar de fumar.

A maioria das pessoas agora sabe que o tabagismo é uma das principais causas evitáveis de morte e doença prematuras. O tabagismo causa câncer, doenças cardíacas, derrames e doenças pulmonares. Por esse motivo, muitas pessoas estão ansiosas para parar de fumar. Fumar causa inúmeros prejuízos, inclusive aos dentes.

Apesar dos riscos à saúde envolvidos, um em cada cinco adultos americanos ainda fuma regularmente.
As principais razões para isso são que a nicotina é viciante e é difícil mudar um hábito. Mas existem meios de se superar o vício.

As pesquisas mostras que, com a abordagem correta, é possível romper com a rotina doentia e abandonar o hábito de uma vez por todas.

Dez dicas mais infalíveis para parar de fumar de uma vez por todas

1. Terapia de reposição de nicotina

A nicotina nos cigarros é viciante. Por essa razão as pessoas experimentam sintomas desagradáveis de abstinência quando tentam parar de fumar.
A terapia de reposição de nicotina fornece um baixo nível da substância sem os outros produtos químicos venenosos presentes na fumaça do cigarro.

Isso ajuda a aliviar alguns dos sintomas da abstinência de nicotina. Sintomas como desejos intensos, náusea, formigamento nas mãos e pés, insônia, mudanças de humor e dificuldade de concentração. A terapia de reposição de nicotina está disponível na forma de:

  • Adesivo transdérmico (disponível via SUS);
  • Goma de mascar (disponível via SUS).

Os adesivos de nicotina também podem ser adquiridos em farmácias comerciais. Eles agem liberando lentamente a nicotina, que é absorvida pelo corpo através da pele. Durante 8 a 12 semanas, a quantidade de nicotina à qual o corpo é exposto é gradualmente reduzida. Aos poucos faz-se a mudança para adesivos com doses mais baixas até que não sejam mais necessários.

Algumas pessoas usam seus adesivos o tempo todo e fornecem uma dose constante de nicotina por 24 horas. Já outras pessoas os removem à noite. Importante é discutir a melhor estratégia com o seu médico.

2. Vareniclina

A vareniclina (Champix) funciona estimulando a liberação de dopamina.
A dopamina é um mensageiro químico que ajuda a controlar os centros de recompensa e prazer do cérebro.

Fumar aumenta artificialmente os níveis dessa substância química do bem-estar no corpo.
Assim, quando os fumantes param de fumar, geralmente sofrem de depressão e ansiedade até que seus níveis naturais de produção de dopamina sejam restaurados.

Pacientes submetidos à vareniclina tendem a obter mais êxito quando param de fumar aos poucos.

A vareciclina ajuda a neutralizar os baixos níveis de dopamina e diminuir alguns dos sintomas causados pela retirada da nicotina. Ao mesmo tempo, bloqueia os efeitos satisfatórios da nicotina, caso a pessoa recaia e fume.

3. Bupropiona

A bupropiona (Zyban) é um antidepressivo. Foi desenvolvida para ajudar as pessoas a parar de fumar. Como a vareniclina, reduz o deficit de dopamina ocorrido na abstinência de nicotina. Assim, age reduzindo a irritabilidade e a dificuldade de concentração relacionadas ao abandono do tabagismo e a tendência a comer demais.

4. Vá ao dentista e faça uma limpeza dental

Faça uma limpeza dental. Uma profilaxia dental seguida da firme disposição em manter os dentes limpos pode ser de grande ajuda a parar de fumar.

5. O jeito de cada um de parar

Pare de fumar de forma abrupta ou lenta? Muitos fumantes acham que a única maneira de realmente parar de uma vez por todas é parar abruptamente, sem tentar diminuir lentamente. Não existe forma ideal. Existe sim o que pode ser melhor pra você. Encontre o método que funcione melhor na sua perspectiva: parar gradualmente ou lentamente. Se uma maneira não funcionar, faça do outro jeito.

6. Lobélia

A Lobelia inflata é uma planta reconhecida por ajudar a quem sente a necessidade de nicotina.

A Lobélia funciona sobre receptores da dopamina e da nicotina no cérebro. A dopamina é a substância do cérebro liberada pela ação da nicotina. A Lobélia contém um componente que age de forma semelhante à nicotina. Importante destacar que o uso de Lobélia também deve ser realizado com acompanhamento médico. Isso porque essa planta se ingerida em grande quantidade pode ser tóxica.

7. Vitaminas B e C

Vários estudos demonstraram que os fumantes geralmente têm concentrações mais baixas de vitaminas B circulantes e níveis mais baixos de vitamina C em comparação com os não fumantes.

Os fumantes costumam citar o estresse como um dos gatilhos que aumentam o desejo por um cigarro.

As vitaminas B são conhecidas como vitaminas “antiestresse” e podem ajudar a equilibrar o humor.

A vitamina C é um poderoso antioxidante que pode ajudar a proteger os pulmões do estresse oxidativo causado pela fumaça do cigarro.
Portanto, a suplementação com essas vitaminas pode auxiliar no processo de parar de fumar.

8. Use um aplicativo para rastrear seus hábitos

Hábitos como fumar são desencadeados em resposta a certos gatilhos. A pesquisa mostrou que a repetição de uma ação simples em um determinado ambiente gera a reprodução da mesma ação em ambientes semelhantes. Por exemplo, fumar automaticamente após o cafezinho depois do almoço.

Mas hábitos saudáveis podem ser formados repetindo ações saudáveis de forma consistente no mesmo contexto. Existe uma variedade de aplicativos gratuitos online que podem ajudar a acompanhar seu progresso.

Esses aplicativos podem ajudar a rastrear o consumo de cigarro em situações que despertam o desejo de nicotina. Essas informações podem ser usadas para planejar quando e onde reforçar um novo hábito saudável no lugar do antigo não saudável.

9. Faça uma lista

Para os fumantes que planejam parar de fumar, fazer uma lista para se manter motivado pode ser útil nos momentos difíceis. Tais razões que podem justificar a decisão de parar de fumar:

  • Melhorar a saúde como um todo;
  • Economizar dinheiro;
  • Ser um bom exemplo para os seus filhos;
  • Melhorar sua aparência e hálito;
  • Assumir o controle e se ver livre do vício.
  • Importante revisar essa lista todos os dias e especialmente em momentos difíceis.
  • Os fumantes podem treinar a mente a se concentrar nos aspectos positivos de seu objetivo e reforçar sua vontade de parar.

10. Praticar Tai chi chuan

Um estudo no Journal of Addiction and Therapy sugere que praticar Tai Chi três vezes por semana é um meio eficaz para ajudar as pessoas a “parar de fumar ou reduzir o hábito”.

Um benefício adicional do Tai chi chuan é que ele melhora a pressão sanguínea e reduz o estresse.

Práticas mente corpo, como ioga, meditação e Tai chi chuan, oferecem uma opção alternativa de tratamento sem drogas para aqueles que tentam parar de fumar.

Fontes: Hospital Sírio Libanês, MedicalNewsToday, PPMac, INCA
Posted by Victor in Dicas, 0 comments