sinais

Nariz escorrendo é um sintoma característico da primeira dentição?

As pessoas muitas vezes acreditam que o crescimento dental pode causar sintomas como corrimento nasal, febre, dor, irritabilidade e problemas de sono. No entanto, a evidência científica por trás dessas crenças não é simples.

Pesquisadores chegaram a conclusões diversas sobre as conexões entre esses sintomas e a dentição. Embora muitos especialistas concordem que a dentição não cause congestão ou corrimento nasal, o estresse envolvido na dentição pode tornar os bebês mais suscetíveis a doenças infantis.

Neste artigo, são examinadas as ligações entre a dentição e vários sintomas, incluindo o corrimento nasal. Também sã descritos o que ocorre regularmente com a dentição, causas comuns do corrimento nasal em bebês e quando a consulta a um especialista é altamente recomendável.

A dentição pode causar corrimento nasal?

Uma criança geralmente recebe o primeiro dente por volta dos 6 meses. Eles tendem a ter um conjunto completo de 20 dentes por volta dos 30 meses.

O período de dentição para cada dente normalmente leva 8 dias. Começa 4 dias antes do dente passar pela gengiva e dura 3 dias depois. Este processo é conhecido como erupção dentária.

Muitos pais e babás percebem problemas, como corrimento nasal ou febre, antes da chegada de um novo dente. Mas alguns especialistas acreditam que esses sintomas não estejam diretamente relacionados à dentição.

O Seattle Children’s Hospital é uma Instituição que se manifestou afirmando que a dentição não causa corrimento nasal, febre, diarreia ou assaduras.

No entanto, alguns especialistas acreditam que pode haver uma ligação indireta e que o estresse da dentição pode tornar os bebês mais vulneráveis a infecções, que podem causar sintomas como aquele do nariz escorrendo.

Entre as idades de 6 e 30 meses, os dentes entram e o sistema imunológico muda. Durante esse período, a proteção que uma criança nasceu e pode ter recebido através do leite materno começa a enfraquecer.

Ao mesmo tempo, os bebês estão começando a interagir mais com o resto do mundo e estão se tornando cada vez mais expostos a doenças infantis.

Os bebês também tendem a mastigar as coisas durante o processo de dentição, e isso pode expô-los a germes.

Quais são os sintomas regulares da dentição?

Os principais sinais da dentição são:

  • criança babando;
  • erupções no rosto, que ocorrem quando a baba contém pequenas partículas de alimentos que irritam a pele;
  • um aumento do desejo de mastigar as coisas;
  • dor gengival leve, que pode resultar de germes na boca entrando em novas rachaduras nas gengivas, e nem todas as crianças sentem isso.

É improvável que a dentição cause:

  • choro excessivo;
  • febre alta;
  • aversão à ingestão de líquidos;
  • sono ruim;
  • diarreia ou fezes moles;
  • vômito;
  • tosse.
Posted by Victor in Estudos, 0 comments

Como detectar os primeiros sinais e sintomas de um câncer de mama

Celebrando o Outubro Rosa aqui no Dentalis damos início hoje a uma série de artigos voltados em especial à saúde da mulher e ao câncer de mama em particular.

Os sinais e sintomas do câncer podem variar, e algumas mulheres que têm câncer podem não apresentar nenhum destes sinais e sintomas. De qualquer maneira, é recomendável que a mulher conheça suas mamas, e saiba reconhecer alterações para poder alertar o seu ginecologista.

A melhor época do mês para que a mulher que ainda menstrua avalie as próprias mamas para procurar alterações é alguns dias após a menstruação, quando as mamas estão menos inchadas. Para as mulheres que já passaram a menopausa, este autoexame pode ser feito em qualquer época do mês.

Qualquer alteração que você venha a observar comunique imediatamente ao seu médico, mesmo que ela tenham aparecido pouco tempo depois da última mamografia que você realizou ou do exame clínico das mamas feito pelo profissional de saúde.

O câncer de mama pode apresentar vários sinais e sintomas, como:

  • Nódulo único endurecido.
  • Irritação ou abaulamento de uma parte da mama.
  • Inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo).
  • Edema (inchaço) da pele.
  • Eritema (vermelhidão) na pele.
  • Inversão do mamilo.
  • Sensação de massa ou nódulo em uma das mamas.
  • Sensação de nódulo aumentado na axila.
  • Espessamento ou retração da pele ou do mamilo.
  • Secreção sanguinolenta ou serosa pelos mamilos.
  • Inchaço do braço.
  • Dor na mama ou mamilo.

Vale a pena lembrar que na grande maioria dos casos, a vermelhidão, inchaço na pele e mesmo o aumento de tamanho dos gânglios axilares representam inflamação ou infecção (mastite, por exemplo), especialmente se acompanhados de dor.

Mas como existe uma forma rara de câncer de mama que se manifesta como inflamação, estes achados devem ser relatados ao médico da mesma maneira, e a mulher deve passar por um exame clínico, obrigatoriamente.​

Posted by Victor in Estudos, 0 comments