Tratamento da cárie em pacientes com Parkinson pode prevenir pneumonia

idosa em atendimentoA pneumonia é uma doença comum em pacientes com Parkinson. Um novo estudo que explorou os fatores de risco no desenvolvimento da pneumonia descobriu que pacientes que receberam tratamento da cárie tiveram o risco diminuído em comparação aos pacientes não tratados.

Metodologia do estudo

O estudo incluiu 2.001 participantes recém-diagnosticados com Parkinson entre 2000 e 2009. Durante o tempo médio de acompanhamento de 6 anos, 19 por cento dos pacientes foram hospitalizados por pneumonia. Com relação à saúde bucal, os pesquisadores observaram que doenças dentárias eram as doenças mais comuns co-relacionadas com as fatalidades. No estudo, cerca de 48 por cento dos pacientes tinham cáries e mais de 44 por cento periodontite.

Além disso, a análise dos dados mostrou que o incidente de pneumonia foi menor em pacientes que receberam tratamento da cárie. Deste modo eles concluíram que a manutenção da boa higiene bucal e o controle da formação de biofilme reduzem o número de possíveis patologias respiratórias e, portanto, diminuem o risco de pneumonia principalmente em homens idosos.

Os pesquisadores descobriram que pacientes mais velhos, homens em particular, residentes nas regiões norte, sul e leste de Taiwan, e pacientes com renda baixa tinham mais risco de desenvolver pneumonia. Por exemplo, mais de 60 por cento dos participantes do estudo que desenvolveram pneumonia eram homens. Dos pacientes internados com a doença, cerca de 95 por cento tinham uma renda mensal inferior a NT$30,000 (US$ 928).

O estudo, intitulado “Risk factors for pneumonia among patients with Parkinson’s disease: A Taiwan nationwide population-based study”, foi publicado em 27 de abril na revista Neuropsychiatric Disease and Treatment.

Deixe uma resposta