Tratamento do câncer de boca – uma nova estratégia

tratamento do câncer de boca

Uma nova estratégia para o tratamento do câncer de boca é o que propõe pesquisadores da Universidade de Okayama, no Japão.

Essa estratégia está descrita em um estudo publicado na revista Cells. Nesse estudo os pesquisadores afirmam terem reduzido o tamanho dos tumores bucais do câncer ao danificar os vasos sanguíneos ao redor das células cancerígenas.

As células cancerígenas contam com mecanismos engenhosos de sobrevivência dentro do corpo.
Uma estratégia que adotam é o desenvolvimento de uma rede de vasos sanguíneos em torno de si como fonte de suprimento de nutrientes.

Os cientistas vêm pesquisando há muito tempo maneiras de impedir esse fluxo sanguíneo para as células cancerígenas.

CXCR4 – papel chave no processo – O estudo

A CXCR4 é uma proteína conhecida por estar intimamente envolvida com o crescimento do tumor.
No entanto, seu papel exato na progressão do câncer não é claro.

Nesse trabalho é demonstrado que a CXCR4 é a principal culpada pela manutenção do arranjo dos vasos sanguíneos do tumor.

Os cientistas descobriram, analisando amostras clínicas humanas, que os vasos tumorais expressavam CXCR4 em amostras de câncer de boca.
A próxima pergunta a ser respondida era se os vasos sanguíneos ricos em CXCR4 estariam promovendo o crescimento do câncer.

Então as células cancerígenas bucais foram transplantadas em camundongos.
Depois que o tumor cresceu nos corpos dos ratos, eles receberam o AMD3100. Esse é um fármaco que antagoniza o CXCR4.

Quando os cânceres foram posteriormente observados ao microscópio, várias áreas haviam sido necrosadas. Foi observado um padrão característico de necrose em que o tecido tumoral que estava distante do vaso sanguíneo era necrótico. Ao mesmo tempo deixando o tecido tumoral próximo à periferia do vaso sanguíneo.
Este padrão aleatório de morte celular de tumor foi denominado “inibição angiogênica do tumor desencadeada necrose” . Angiogênese é a formação de novos vasos sanguíneos.

A ampla área do tecido tumoral também mostrou uma falta grave de oxigênio, que foi acompanhada por um comprometimento da angiogênese.

A inibição do CXCR4 parecia induzir necrose tumoral, danificando os vasos sanguíneos e impedindo as células de um suprimento saudável de oxigênio.

Tratamento do câncer de boca – nova estratégia – novas esperanças

Este estudo é o primeiro a mostrar o papel do CXCR4 na promoção do crescimento tumoral. Essa proteína fornece às células cancerígenas uma rede saudável e organizada de vasos sanguíneos.

Estratégias que possam atrapalhar essa rede podem ser mais exploradas como terapias de tratamento do câncer de boca.
O CXCR4 desempenha um papel crucial na angiogênese tumoral necessária para a progressão câncer bucal. Assim, desenvolver mecanismos que antagonizem a CXCR4 pode ser uma estratégia terapêutica eficaz para o tratamento do câncer de boca.

A CXCR4 é uma proteína vital na manutenção e crescimento das células que produzem sangue dentro do nosso corpo.

Nos fetos, o CXCR4 também é responsável pela formação de certos vasos sanguíneos.

Aliás, a CXCR4 também está presente em várias formas de câncer, como câncer de mama, fígado e oral.

Frequentemente, os tumores que mostram a presença de CXCR4 tendem a crescer mais rapidamente do que aqueles sem a sua presença.

Dada a sua ligação com os vasos sanguíneos e a progressão do câncer, essa pesquisa procurou investigar se a CXCR4 promove diretamente o crescimento do câncer, fornecendo sangue aos tumores. E isso se provou verdadeiro.

Existem outras terapias inovadoras sendo pesquisadas e que em breve poderão revolucionar o tratamento do câncer de boca.

Fonte: The Oral Cancer Foundation

Deixe uma resposta